30 de jun de 2012

A DIRETORIA DO CENTRO SOCIAL DOS CABOS E SOLDADOS DA PM/BM/MG ESTA APRONTANDO DAS SUAS DE NOVO COM OS ASSOCIADOS DE GV, COLOCANDO A URNA DE VOTAÇÃO A MAIS DE 20 Km DE ONDE MORA A MAIORIA DOS SOCIOS

Meus caros companheiros, mais especificamente associados do Centro Social dos cabos e Soldados. Prestem a atenção no e-mail que eu recebi de um associado do CSCS que serve no 6º BPM em Governador Valadares. Como se não bastasse a falcatrua que a diretoria a qual pertencia o atual Presidente fez nas eleições de 2005 com os eleitores de GV, dando sumiço na urna que poderia dar a vitoria a outra chapa a qual o Vice-Presidente pertencia a cidade citada acima.A atual diretoria candidata a reeleição esta apelando e tentando de novo dar o golpe aos associados de GV, pois conforme esta provado, os locais de votação de todas as cidades (listagem abaixo)serão no municipio da propria cidade e o unico local fora do municipio onde serve os associados do CSCS é justamente o de Governador Valadares que segundo o e-mail abaixo será a aproximadamente a 20 Km onde a maioria dos associados moram, o que dificultaria o militar de ir votar, com isso a meu ver das duas uma, ou a intenção da atual diretoria candidata a reeleição é alugar carros para levar e trazer os associados para votar, ou sabendo que eles  perderão a maioria dos votos em GV, estão dificultando a votação, pois como eles tem a máquina nas mãos e estão de posse da listagem dos associados, naturalmente já sabem qual deles poderão contar com os votos e esses serão beneficiados com a passagem para ir votar e voltar para sua casa.Fica ai um alerta a todos os associados não só de Governador Valadares mas de outras cidades, não aceite que a atual diretoria façam de vocês um massa de manobras, botem o diretor que o forem pegar em casa para correr, eles querem comprar o seu voto com uma simples carona de idade e volta, é isso que o seu voto valem?

"Boa tarde Fernando li seu Email, sobre local de votação, esse local que escolheram aqui em Governador Valadares, fica cerca de 20Km do 6ºBPM. assim nenhum associado vai animar gastar gasolina até o local que é fora de Valadares. distrito de Era Nova onde tem o clube recreativo, ignoraram a secretaria que é aqui de fácil acesso a todos, para dificultar pra todos, tentar mudar isso ai senão.........."

Eleição do CSCS – 07 de julho de 2012 de 08h00min às 18h00min

LOCAIS DE VOTAÇÃO

Unidade Regional de Governador Valadares, localizada no município de Alpercata/MG;
Unidade Regional de Montes Claros, localizada no município de Montes Claros/MG;
Unidade Regional de Juiz de Fora, localizada no município de juiz de Fora/MG;
Unidade regional de Manhuaçu, localizada no município de Manhuaçu/MG;
Unidade Regional de Lavras, localizada na Regional de Lavras/MG;
Unidade Regional de Uberaba, localizada no município de Uberaba/MG;
Unidade Regional de Uberlândia, localizada no município de Uberlândia/MG;
Unidade Regional de Ubá, localizada no município de Ubá/MG;
Unidade Regional de Diamantina, localizada no município de Diamantina/MG;
Unidade Regional de Pirapora, localizada no município de Pirapora/MG;
Unidade regional de Pouso Alegre, localizada no município de Pouso Alegre/MG;
Unidade regional de Teófilo Otoni, localizada no município de Teófilo Otoni/MG;
Unidade regional de Ipatinga, localizada no município de Ipatinga/MG
Unidade regional de Almenara/ localizada no município de Almenara/MG;

Cabo Fernando
CHAPA 3 – DEMOCRACIA & TRANSPARÊNCIA

29 de jun de 2012

CABO FERNANDO, CABO DUCLERC E CABO JUVENAL, VISITARAM TEÓFILO OTONI NESTA QUINTA-FEIRA

Cabo Fernando, membro efetivo do Conselho de Administração da CHAPA 3 - DEMOCRACIA & TRANSPARÊNCIA, Cabo Duclerc, candidato a Vice-Presidente e Cabo Juvenal, membro efetivo do Conselho de Administração. Visitaram o 19º BPM e foram recebidos muito bem pelo senhor Ten Cel Duclerc, o qual nos deixou bem a vontade para fazermos nossa campanha para o pleito eleitoral do Centro Social dos Cabos e Soldados da Policia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, hoje chamado apenas de Centro Social por iniciativa da atual diretoria. Queremos aqui agradecer ao senhor Cmt do 19º BPM, assim como todos os praças do Soldado ao Sub Ten e alunos do CEFS. Especialmente queremos agradecer ao nosso amigo Cabo Azeredo, que nos acompanhou durante o tempo em que ficamos naquele batalhão.
Vejam as fotos.

CABO FERNANDO, CABO DUCLERC E CABO JUVENAL, VISITARAM GOVERNADOR VALADARES NESTA QUINTA-FEIRA

Cabo Fernando, membro efetivo do Conselho de Administração da CHAPA 3 - DEMOCRACIA & TRANSPARÊNCIA, Cabo Duclerc, candidato a Vice-Presidente e Cabo Juvenal, membro efetivo do Conselho de Administração. Visitaram o 6º BPM e foram recebidos muito bem pelo senhor Ten Cel Lunard, o qual nos deixou bem a vontade para fazrmos nossa campanha para o pleito eleitoral do Centro Social dos Cabos e Soldados da Policia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, hoje chamado apenas de Centro Social por iniciativa da atual diretoria. Queremos aqui agradecer ao senhor Cmt do 6º BPM, assim como todos os praças do Soldado ao Sub Ten e alunos do CEFS. Especialmente queremos agradecer aos militares Cabo Luiz Teixeira Junior, Cabo Fabiano Porto, Sargento Augusto (cunhado do Pastor Capitão Fontes, Cmt da 38ª Cia PM em Nova Contagem) e Sargento Anesio, esses militares comporão a nossa diretoria regional em Governador Valadares caso sejamos eleitos. Vejam as fotos

28 de jun de 2012

INTEGRANTES E APOIADORES DA CHAPA 3 "DEMOCRACIA & TRANSPARÊNCIA

COMPONENTES DA CHAPA 3
Companheiros e companheiras associados da maior associação de militares de Minas Gerais e talvez a segunda ou a terceira no país.

27 de jun de 2012

ANASTASIA ABRE O CORAÇÃO - ATENDENDO A VÁRIOS PEDIDOS ESTAMOS REPOSTANDO ESTE VIDEO

CAMARA DOS DEPUTADOS FARÁ UMA FESTA DE SÃO JOÃO EM JULHO, AUMENTANDO SUAS VERBAS DE GABINETES

Câmara dos Deputados vai reajustar verba de gabinete a partir de julho

Agencia Brasil - Jornal Hoje em Dia

BRASÍLIA - O presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS), confirmou nesta terça-feira (26) que a Casa vai reajustar o valor da verba de gabinete que hoje alcança R$ 60 mil a partir de 1º de julho. O recurso é usado pelos parlamentares para o pagamento de funcionários que trabalham nos gabinetes ou nos escritórios políticos nos estados.

Perguntado sobre o reajuste, Maia foi irônico. “Deem a manchete com letras garrafais: a Câmara vai conceder reajuste para os servidores do gabinete. Já disse isso lá atrás”. Ele não informou o percentual que será concedido.

O presidente acrescentou que o Palácio do Planalto concedeu crédito suplementar para o reajuste no final do ano passado. “A presidente Dilma, atendendo a um pedido feito por nós, lá no final do ano passado, concedeu crédito suplementar para a folha de pagamento no valor de R$ 150 milhões para a concessão desse reajuste”.

O aumento da verba de gabinete é uma reivindicação antiga dos deputados que alegam que seus funcionários não concursados que prestam serviços aos gabinetes estão há quase cinco anos sem reajuste. A aprovação do aumento é um ato da Mesa Diretora da Casa.

Pelo regimento, com a verba, cada deputado pode contratar de cinco a 25 secretários parlamentares. Atualmente, os salários desses funcionários variam de R$ 622 a R$ 8.040 mensais

26 de jun de 2012

DEPUTADO ESTADUAL SARGENTO RODRIGUES SE LANÇA CANDIDATO A PREFEITURA DE BELO HORIZONTE PELO PDT

Sargento Rodrigues se lança, mas fala em "surpresas"

Deputado Sargento Rodrigues foi lançado durante a
convenção do PDT

 

Patrícia Scofield - Do Hoje em Dia

O deputado estadual Sargento Rodrigues (PDT) se lançou, neste domingo (24), como candidato a prefeito de Belo Horizonte, durante a convenção da sigla. Com o apoio de outros dois candidatos à prefeitura, Délio Malheiros (PV) e Eros Biondini (PTB), que também estiveram no encontro, Rodrigues se apresentou como mais um “candidato em potencial para desbancar o prefeito Marcio Lacerda (PSB)”.
“Belo Horizonte precisa ter um leque de escolhas. Queremos nos colocar candidatos e chegar ao segundo turno”, afirmou. Para a chapa de vereadores, a legenda lançou 63 nomes, na tentativa de ampliar para três ou quatro o número de representantes dos pedetistas na Câmara. O nome do possível vice- prefeito, previsto anteriormente como o do ex-deputado federal Mário Heringer (PDT), não foi confirmado pelo partido. Isso porque, segundo Rodrigues, as convenções do PTB, PSB e PSDB, no próximo sábado, “vão trazer muitas surpresas”.
“Só vamos decidir nosso vice no dia 30 de junho ou até o dia 5 de julho, porque o processo eleitoral em BH ainda está muito embolado. Estamos conversando com o PV, PTB, PT e DEM, mas a agente acaba dependendo de resultados dos outros”, disse. “Só não tem conversa com o PSB, em hipótese nenhuma”, acrescentou.
Para Heringer, a candidatura própria do PDT é uma resposta negativa à continuidade da gestão de Lacerda que, segundo ele, foi pautada em obras eleitoreiras. “É muito fácil ficar construindo sociedades na política com tijolos e cimentos. A única solução que esse povo sabe fazer é quebrar rua”, contestou. Segundo o ex-deputado, os pedetistas “também são competentes” e tem “absoluta” condição de concorrer com Lacerda.

25 de jun de 2012

HOJE FAZ EXATAMENTE 15 ANOS DO MOVIMENTO REIVINDICATÓRIO DA PMMG E CBMMG - O BLOG DO CABO FERNANDO FAZ UMA HOMENAGEM AO HEROI CABO VALÉRIO E AO NÃO MENOS HERÓI SOLDADO WEDSON



"O DIA EM QUE A POLÍCIA E O BOMBEIRO PAROU"
Traição dos Coronéis!
Miséria! Abandono! Fome!

" Antes de entrar para a PM, o soldado comia arroz e feijão; depois de ingressar na PM, já pode comer até carne. E agora ainda esta querendo comer iogurte".
(Coronel Edgard Eleotério)

" Pode dar o aumento salarial para os oficiais, Governandor, nós seguramos a tropa".
(Coronel Antonio Carlos, Comandante Geral da PM)

" Um cão banguelo e desdentado consegue fazer o seu serviço, assim como um policial".
( Coronel José Guilherme do Couto)

" Eu vi o Cabo Valério caindo baleado e o Coronel Eleotério trocando a arma com um cadete".
( Cabo Fernando do 18º BPM)

" Eu posso garantir, que se houvesse invasão por parte dos grevistas, a ordem era para um confronto, e haveria muito sangue derramado".
(Coronel Antonio carlos, Comandante Geral)

A Forleg recua para a portaria principal do QCG. Os manifestantes cercam o prédio. O cabo Valério é colocado numa viatura na garagem do QCG e levado para o Hospital João XXIII, onde é internando em coma profundo.
Depois dos tiros, vem as pedras, atiradas de todas as direções, até de dentro do prédio. Uma delas atinge o vidro da sala de imprensa, provocando pânico nas policiais femininas, que correm para o banheiro. Uma oficial médica pede socco à mãe pelo telefone celular. As funcionárias da limpesa deixam o prédio pela janela.
O Coronel Eleotério foge pelo fosso que dá acesso à garagem. Uma viatura cheia de armamento pesado deixa o prédio em alta velocidade e é perseguida pelos policiais, que pensavam estar dentro dela o Coronel Eleotério. Isso tudo aconteceu depois da entrevista do Cabo Fernando (na época do 18º BPM) haver dato entrevista a imprensa com os seguntes dizeres " Eu vi o Cabo Valério caindo baleado e o Coronel Eleotério trocando a arma com um cadete". Cabo Fernando foi o único militar a testemunhar na delegacia de homicidio contra o Coronel Eleotério, foi também o único militar a ser testemunha de defesa na justiça a favor do Ex-soldado Wedson, acusado injustamente pela morte do Cabo Valério.

No lugar do Coronel Eleotério escolheram um bode expiatório para acusarem, foi o soldado PM Wedson Campos Gomes, 30 anos. O soldado Wedson era amigo pessoal do cabo Valério e não tinha nenhum motivo para matá-lo e todos nós sabiamos que a bala era direcionada para o principal lider na época Cabo Julio, como o Valério estava ao seu lado então foi atingido mortamente. 
Cabo Valério "Um verdadeiro Heroi"
O Cabo valério é operado e seu estado considerado gravissimo pelos médicos do Pronto-Socorro João XXIII. A bala tinha atingido o cérebro e ele estava em coma. Segundo o noletim médico divulgado, as funções vitais estavam sendo mantidas por aparelhos.
                               
LIÇÕES DE UMA GREVE SELVAGEM - AZEREDO: O ESPERTO FEZ PAPEL DE BOBO
LIÇÕES DE UMA GREVE SELVAGEM - AZEREDO: O ESPERTO FEZ PAPEL DE BOBO.
O Então Governador de Minas Gerais se rendeu e a PM já fala em parar nos outros Estados
A greve da Polícia Militar de Minas Gerais terminou na noite de quinta-feira passada com dois ensinamentos. O primeiro diz respeito aos governadores: o tucano Eduardo Azeredo quis ser tão esperto que acabou fazendo papel de bobo. No início do mês passado, representantes dos 42.000 homens da Polícia Militar manifestaram insatisfação com o salário. Em vez de negociar e barganhar, Azeredo baixou uma proposta única: reajuste de 11% para oficiais que embolsam até 6.000 reais por mês e nada para soldados, cabos e sargentos, que chegam a receber 410 reais, ou quase quinze vezes menos. A esperteza de Azeredo produziu uma greve selvagem numa PM considerada modelo e descambou na mais funda crise política do Estado desde 1964, obrigando tropas do Exército a desfilar pela capital com tanques e veículos militares. Antes da greve, Azeredo poderia ter feito um acordo em torno dos mesmos 11% que ofereceu aos oficiais. Quando o movimento se iniciou, ele chegou a oferecer 20%. Na quinta-feira passada, quando enfim conseguiu encerrar a paralisação, Azeredo foi obrigado a pagar um aumento de 48% -- quatro vezes a inflação do último ano, a maior vitória que qualquer categoria de trabalhador, funcionário público ou não, paisano ou não, já obteve desde o lançamento do Plano Real, três anos atrás..            

PEC 34/2012 É UMA REALIDADE, OU PALANQUE POLÍTICO DE "POLÍTICO" E PRESIDENTE DE ASSOCIAÇÃO

Senhores deputados estaduais de Minas Gerais, parece que os senhores estão bricando com coisa séria, ou melhor, estão bricando com a vida de pessoas que não podem sequer se defenderem. Quando que os senhores votarão a Pec 34/2012? Se não votarem nesse mês de junho dificilmente votarão este ano, pois no próximo mês começa a campanha para prefeitos e vereadores, alguns de vocês sairão candidato a Prefeito nas diversas cidades mineiras e os que não sairem candidatos irão servir de cabos eleitorais para aqueles que sairem. Se os senhores querem o nosso voto então façam por merecer, incluam na PEC 34/2012 a palavra, "INCAPACIDADE FÍSICA" e a coloquem na pauta para votação, vocês farão justiça a muitos militares que dedicaram anos e anos de suas vidas e hoje estão relegados em segundo plano perante a organização militar em que serviram.
Cabo Julio, Cabo Coelho, voces fizeram o maior fogo de palha quando estiveram na Almg, esta me parecendo que foi só fogo de palha mesmo, pois tanto um quanto o outro não falam mais nada, vocês tem a força para cobrarem dos deputados uma posição sobre o assunto, ou melhor, para exigir a votação antes dos mesmos entrarem de ferias, tem muitos que ainda acreditam em vocês, será que vocês os decepcionarão assim como nos decepcionaram em 08/06/2011 no ginasio do COPM? E as demais associações como a ASPRA, COPM, AOPM, UMMG, ASCOBOM, ASCOB e etc...etc...etc... Se os senhores presidentes de associações não cobrarem dos deputados uma definição sobre a referida PEC, eu tornarei a postar o banner da porcona representando a nós associados e os porquinhos representando os presidentes das principais associações mamando nas tetas dos associados. Podem entender essas palavras como aviso ou como ameça, fica a critério de cada um.

UMA VIATURA DA PMMG CAPOTA E DEIXA DOIS MILITARES FERIDOS

Viatura da PM capota no Carlos Prates e fere dois militares O Palio, conduzido por um soldado, descia a Rua Monte Santo, entre ruas Padre Eustáquio e Riachuelo, quando aconteceu o acidente
Luana Cruz - Jornal Estado de Minas
Uma viatura da da Polícia Militar (PM) capotou na manhã desta segunda-feira na Rua Monte Santo, no Bairro Carlos Prates, Região Noroeste de Belo Horizonte. Um soldado e o subcomandante (major) do 22º Batalhão ficaram feridos e foram socorridos por colegas do 34º Batalhão. Os dois PMs foram levados para o Hospital João XXIII com leves escoriações
O acidente aconteceu na descida, entre ruas Padre Eustáquio e Riachuelo. O soldado era o motorista do Palio e perdeu o controle da direção. A PM não soube informar se os militares estavam em alguma operação de busca na região.

23 de jun de 2012

SP: policial relata ameaças de que morreriam 2 PMs por região

Após as recentes mortes de policiais em São Paulo, alguns PMs mostram receio do que podem encontrar nas ruas. O Terra conversou com policiais em serviço nesta sexta-feira e a maioria foi contundente em dizer que a ordem é permanecer em alerta. Um PM que estava de serviço na região central de São Paulo disse que há uma semana se ouvia falar em ataques na capital. "Ouvi boatos de dentro da PM, falando que eles tinham recebido a informação de que iriam morrer dois policias por região, em resposta à morte de homens do PCC", disse o policial, que não quis se identificar, se referindo ao Primeiro Comando da Capital - facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios paulistas.
O policial lembra que em 2006, quando houve uma série de ataques, a corporação também foi pega de surpresa. "Naquele ano foi igual, só ficaram sabendo depois que 'estourou a bomba'", completou.
Outro soldado, que também pediu para não ser identificado, relatou que está apreensivo com os ataques. "Estou apreensivo, mas estamos preparados", disse. Quando perguntado sobre as chances de ocorrer um fato semelhante ao de 2006, ele foi enfático: "não, isso não vai acontecer. Acho difícil, porque naquela ocasião a gente perdeu muito, mas eles perderam muito mais do que a gente", disse.
Quando perguntado sobre as orientações do alto comando, o PM disse que recebeu orientação para tomar cuidado quando estiver à paisana. "No horário de trabalho não recebemos orientação nenhuma, mas nas nossas folgas fomos aconselhados a dobrar a atenção", disse.

Uma base da PM foi atingida por tiros na madrugada desta sexta
Sequência de crimes

CARTA ANÔNIMA INDICA POSSÍVEL LOCAL ONDE ESTÃO OS RESTOS MORTAIS DE ELIZA SAMUDIO

'Por ora, não', diz delegado sobre buscas pelo corpo de Eliza em BH

Carta anônima sobre sonho indicava possível localização de restos mortais.
Texto foi entregue a mãe da ex-namorada do goleiro Bruno Fernandes.

Do G1 MG
 
O delegado Wagner Pinto informou, na tarde desta sexta-feira (22), que, por enquanto, não devem ser feitas buscas ao corpo de Eliza Samudio, ex-namorada do goleiro Bruno Fernandes, em local indicado por carta. “Por ora, não há previsão para a realização de buscas”, disse ao G1. De acordo com Pinto, pelo fato de a carta se tratar de uma denúncia anônima, também não haverá abertura de inquérito. O texto foi recebido pelo delegado no fim da manhã desta sexta-feira. 

TRIO QUE MATARAM UM SARGENTO DO BOMBEIRO, SÃO PRESOS PELA POLÍCIA CIVIL

Trio preso pela morte de militar
Mulher, amante e um comparsa são acusados de assassinar sargento dos Bombeiros de Araxá
Publicado no Super Notícia em 23/06/2012
LUCAS SIMÕES
lucas.simoes@supernoticia.com.br

FOTO: JORNAL ARAXÁ/ DIVULGAÇÃO
Jusmar Martins e Cléber Alves Duarte estão presos
JORNAL ARAXÁ/ DIVULGAÇÃO
Jusmar Martins e Cléber Alves Duarte estão presos
A Polícia Civil conseguiu prender um lavrador e um estudante de direito suspeitos de ter assassinado com quatro tiros um sargento do Corpo do Bombeiros em Araxá, na região do Alto Paranaíba. Para a polícia, a morte do militar Gislei Oliveira Reis, de 38 anos, foi premeditada pela mulher dele, a dona de casa Kelly de Lima Alves, de 28, que tinha um caso extraconjugal com o lavrador havia um ano e também foi presa acusada de planejar a morte do marido.

O crime aconteceu no último dia 11, na porta da casa do militar, no bairro Alvorada, por volta das 22h. Os dois suspeitos foram localizados pela Polícia Civil uma semana após o assassinato, mas o mandado de prisão para eles só foi expedido pela Justiça anteontem. O lavrador Jusmar Júnior Martins, de 21 anos, que tem passagens pela polícia por tráfico de drogas, foi localizado na casa dos pais, no distrito de Sacramento, a cerca de 150 km de Araxá. "O Martins falou que o sargento descobriu o envolvimento dele com a mulher e começou a fazer ameaças caso o romance continuasse", disse o delegado Heli Andrade.

22 de jun de 2012

ELEIÇÃO NO CSCS, SEM DEMOCRACIA, SEM RESPEITO AO ASSOCIADO. ME TIRARAM POR MEDO O DIREITO DE ME CANDIDATAR A PRESIDENTE, MAS NÃO ME TIRARAM O DIREITO DE CONCORRER. MINHA CHAPA É A 3

CHAPA 3 É A CHAPA DA VITORIA
E
A ÚNICA CHAPA DE OPOSIÇÃO
Prezados amigos leitores e seguidores deste blog.
Essa eleição para a nova diretoria do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, hoje chamado apenas de Centro Social, esta um verdadeiro circo, esta igualzinho a AG que eles fizeram em 08/06/2011 no COPM, quando as associações venderam para o governo o nosso aumento. Primeiro que foi instituido pela atual diretoria do CSCS uma Comissão Eleitoral que comandaria todo o pleito, só que essa Comissão existe só no papel, pois até hoje eu não conheço esses membros da Comissão. O primeiro dia que fui registrar a chapa quem me atendeu foi o advogado da entidade Dr. Fabio, que assinou o requerimento de inscrição com a frase "por ordem da Comissão Eleitoral", no dia 15/06 eu tive que estar presente na secretaria da entidade para tomar conhecimento de possíveis impugnações de associado (não vi presente no local nenhum dos outros candidatos, Cb Coelho e o Cb Claudio) e novamente quem me atendeu foi o advogado Dr. Fabio (nenhuma das chapas havia sido impugnada por algum associado) e novamente quem assinou os documentos foi o advogado com os mesmos dizeres "por ordem da Comissão Eleitoral". Já hoje 22/06/2012, novamente não vi nenhum dos outros dois candidatos, desta vez quem me atendeu foi o Cabo Oliva que é um dos diretores da atual chapa, o referido cabo me entregou um Termo de Cientificação e Reinteração de Intimação para os candidatos, neste documento consta que todas as tres chapas inscritas foram barradas pela Comissão Eleitoral, sendo a chapa 1 (Coelho) com duas irregularidades, chapa 2 (Claudio) com 17 irregularidades, ou seja, com defeito na elaboração de todos os elementos de sua chapa e a chapa 3 (eu Cabo Fernando) três irregularidade e com uma impugnação pelo meu nome no cargo de Presidente, por não ter 8 anos initerruptos conforme o Estatuto novo e que foi trocado clandestinamente pela atual diretoria com o único intuito de me tirar do cargo de Presidente. Portanto meus amigos e amigas, eu tenho até terça-feira próxima para trocar o nome da cabeça, ou seja, o nome que constará na cédula de votação. O Coelho e o seu advogado, pois o Coelho sozinho não é tão inteligente para fazer isso, conseguiram tirar o meu nome da cédula, portanto o nome que constará como presidente será o Cabo Geraldo Alves Ferreira e eu Cabo Fernando estarei na mesma chapa 3 só que como o 1º Membro do Conselho de Administração, portanto eu continuo no pareo apenas na eleição não estarei na cabeça, mas depois de uma possível vitória de minha chapa as coisas pode muito bem mudar, portanto meus amigos "VAMOS ACABAR COM A FARRA DA ATUAL DIRETORIA, VOTEM NA CHAPA 3 E VOCÊS ESTARÃO VOTANDO EM MIM". Hoje enquanto eu estava na secretaria do CSCS resolvendo este problema, o meu amigo Sub Ten Claudio Correia me ligou de Juiz de Fora, me dizendo que o outro candidato da Chapa 2 com alguns elementos de sua chapa, estavam na cidade passando para os associados de la, que eu não era mais candidato, pois minha chapa estava impugnada, isso para mim se chama leviandade e agora mais do que nunca eu tenho mais certesa que a chapa 2 (Claudio) é uma segunda via da chapa 1 (Coelho), pois apesar de no documento que peguei hoje consta inrregularidade nas tres chapas inscritas, eu duvido muito que essa Comissão Eleitoral escolhida pelo próprio Coelho iria indeferir a chapa do atual presidente da entidade, essa nem recem nascido acredita e no caso do Claudio eu tenho também minhas dúvidas, pois como ele teve conhecimento que eu estava impugnado? se o resultado só saiu hoje e eu fui o primeiro candidato a adentrar na sede da entidade, enquanto ele estaria em Juíz de fora?
Para terminar meus amigos, eu não desistirei, continuo candidato, apenas o meu nome não estará na cédula, pois eu estarei no Conselho de Administração, depois de eleito será outra coisa. Portanto minha chapa será a 3.

Cabo Fernando

20 de jun de 2012

DEPOIS DOS SUPERMERCADOS, AGORA É A VEZ DOS POSTOS DE GASOLINA RETIRAREM AS CAIXAS ELETRÔNICAS DE SEUS ESTABELECIMENTOS

Ataque a caixas eletrônicos espalha medo nos postos de combustível Rede de postos de gasolina solicita a banco a retirada de equipamentos eletrônicos, como já fizeram supermercados e drogarias, depois de assalto com uso de explosivos
Andréa Silva - Jornal Estado de Minas
Publicação: 20/06/2012 06:00 Atualização: 20/06/2012 06:57
Notas danificadas pela explosão do caixa eletrônico ficaram jogadas no piso do posto de gasolina, em Contagem (EDÉSIO FERREIRA/EM/D.A PRESS)

Notas danificadas pela explosão do caixa eletrônico ficaram jogadas no piso do posto de gasolina, em Contagem
Além de supermercados e drogarias, postos de gasolina também podem ficar sem caixas eletrônicos. Uma rede com unidades em Contagem, na região metropolitana, Barreiro, Barro Preto e Vilarinho, na Grande BH, pedirá ao Bradesco a retirada dos equipamentos, depois de ataque de criminosos. O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo do Estado de Minas Gerais (Minaspetro) informou ontem que está avaliando se vai sugerir a retirada de caixas eletrônicos dos postos.

CONTAGEM BATE O RECORD DE EXPLOSÕES EM CAIXAS ELETRÔNICOS. NESTA MADRUGADA INDIVIDUOS NÃO IDENTIFICADOS AINDA, TENTAM EXPLODIR UM CAIXA DO BANCO SANTANDER

Três bandidos explodem caixa eletrônico em Contagem, mas fogem sem levar dinheiro Os homens invadiram a agência bancária e instalaram uma banana de dinamite em uma das máquinas. Porém, a explosão o compartimento onde ficam as gavetas de dinheiro
Luana Cruz - Jornal Estado de Minas
Publicação: 20/06/2012 07:05 Atualização: 20/06/2012 07:39
Três bandidos explodiram um caixa eletrônico na madrugada desta quarta-feira, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O trio invadiu a agência do Banco Santander que fica na Rua Refinaria Duque de Caxias, no Bairro Petrolândia.Segundo a Polícia Militar (PM), eles usaram uma alavanca para abrir a porta do banco e instalaram uma banana de dinamite em uma das máquinas. Porém, a explosão foi suficiente apenas para destruir o monitor do caixa. O compartimento onde ficam as gavetas de dinheiro ficou intacto, portanto os criminosos não levaram dinheiro.

Conforme a PM, o grupo fugiu de carro e ninguém foi preso. O sistema de segurança do banco registrou a ação dos bandidos, mas não filmou a placa o veículo. A ferramenta usada para entrar na agência foi apreendida. As imagens serão repassadas para a Polícia Civil.

19 de jun de 2012

UM SARGENTO DA PM TEVE SUA ARMA FURTADA PELO PRÓPRIO SOBRINHO QUE GENTILMENTE INTERROGADO POR UMA GUARNIÇÃO, FALA ONDE A ARMA SE ENCONTRAVA

CAMOCIM-CE: AÇÃO CONJUNTA ENTRE FTA MOTOS E RONDA PRENDE DOIS ENVOLVIDOS NO ROUBO DA ARMA DE SARGENTO DA PM.

O próprio sobrinho furtou a arma do Sargento da PM

No último sábado (16), um sargento da PM Informou à polícia que teve sua arma furtada de dentro da sua própria residência. A arma é um revólver TAURUS cal. 38, cano médio capacidade para 06 tiros com 06 cartuchos intactos.
O sargento prestou um B.O. na delegacia e disse que o principal suspeito era seu sobrinho Erandir Teixeira de Oliveira, vulgo “Dedé”, de 32 anos.

ADVOGADO DO GOLEIRO BRUNO ENTRA NA JUSTIÇA COM PEDIDO DE AÇÃO INDENIZATÓRIA

Juiz nega suspensão de exibição de série sobre morte de Eliza Samudio

Defesa do goleiro Bruno diz que entrou com pedido de ação indenizatória.
Bruno e mais 7 são réus no desaparecimento e morte da jovem.

Carolina Farah e Pedro Triginelli Do G1 MG
Goleiro Bruno chora durante depoimento na Assembleia de Minas Gerais. (Foto: Alex de Jesus/O Tempo)
 
Bruno chora durante depoimento na Assembleia de
Minas Gerais. (Foto: Alex de Jesus/O Tempo)
O juiz da 38ª Vara Civil de São Paulo Ivanhoé Pinheiro negou, nesta segunda-feira (18), o pedido da defesa do goleiro Bruno Fernandes de suspender a exibição da série “Até que a Morte nos Separe", do canal de televisão fechado A&E. O episódio traz o atleta como personagem principal. Ninguém do canal foi encontrado para falar sobre o assunto. 

VEREADORES DE BH SEM NENHUM COMPROMISSO COM SEUS ELEITORES FALTAM A VOTAÇÃO DE REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA, DOS 41 APENAS 15 VEREADORES APARECERAM, SERÁ QUE MESMO ASSIM ELES VÃO RECEBER POR ESTA REUNIÃO?

Falta de quórum impede mais uma vez votações na Câmara de BH Com apenas 15 vereadores presentes, novamente, a sessão teve que ser suspensa. Apesar disso, enquanto esteve aberta a reunião foi bastante tensa e tumultuada.
Marcelo Ernesto - Jornal Estado de Minas
 
Mais uma sessão da Câmara Municipal de Belo Horizonte foi encerrada sem que qualquer projeto de lei fosse apreciado pelos vereadores da capital. Iniciada às 15h desta segunda-feira, a 50° Sessão Extraordinária do Legislativo municipal terminou às 16h35, após o pedido de verificação de quórum feito pela petista Neusinha Santos apontar a presença em plenário de apenas 15 parlamentares, do total de 41.

CONTAGEM VIRA TERRA DE NINGUÉM, MAIS CAIXAS ELETRONICOS EXPLODIDOS, COM A PALAVRA SENHOR GOVERNANDOR DO ESTADO E SENHOR SECRETARIO DE DEFESA SOCIAL

Dois caixas eletrônicos são explodidos em Minas Um dos casos aconteceu na Via Expressa, em Contagem, na Região Metropolitana e BH. A outra máquina foi destruída em Piracema, na Região Centro-Oeste de Minas
Luana Cruz - Jornal Estado de Minas
Dois caixas eletrônicos foram destruídos na madrugada desta terça-feira em Minas Gerais. Quatro bandidos armados invadiram um posto de combustíveis na Via Expressa, em Contagem, na Região Metropolitana Belo Horizonte. Os criminosos renderam dois frentistas no posto e instalaram explosivos na máquina do Banco Bradesco que fica perto das bombas de abastecimento.

JUIZ FEDERAL PAULO AUGUSTO MOREIRA LIMA, QUE ESTA NO CASO DO BICHEIRO CACHOEIRA, PEDE AFASTAMENTO DO CASO POR ESTAR RECEBENDO AMEAÇAS DE DESCONHECIDOS

Após ameaça, juiz do caso Cachoeira pede afastamento

O juiz federal Paulo Augusto Moreira Lima, responsável pela Operação Monte Carlo, relatou ser alvo de ameaças de morte, disse que homicídios podem ter sido cometidos por integrantes do esquema do contraventor Carlinhos Cachoeira e pediu para ser tirado do caso.

18 de jun de 2012

ELEIÇÃO NO CSCS/PM/BM/MG - CAMPANHA DESIGUAL ENTRE O CANDIDATO A REELEIÇÃO E OS DEMAIS CANDIDATOS, ENQUANTO O PRIMEIRO GASTA O DINHEIRO DO ASSOCIADO COM FESTA REGADO A CHOPP, CHURASSCO, DISTRIBUIÇÃO DE CAMISAS DE SUA CHAPA, CARROS DA ASSOCIAÇÃO FAZENDO CAMPANHA E ETC... OS DEMAIS TEM APENAS O MEIO VIRTUAL E VISITAS APENAS A BATALHÕES DA CAPITAL

Em 07 de julho de 2012 (sábado) de 08h00 às 18h00min, haverá eleição para a próxima diretoria do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, hoje chamado de apenas Centro Social, devido a atual diretoria ter tirado "Cabos e Soldados" do nome da entidade.  
Na capital haverá somente um local de votação que será na sede do CSCS, já no interior haverá urnas de votação nos seguintes lugares:
- Unidade Regional de GV;
- Unidade Regional de Montes Claros;
- Unidade Regional de Juíz de Fora;
- Unidade Regional de Manhuaçu;
- Unidade Regional de Lavras;
- Unidade Regional de Uberaba;
- Unidade Regional de Uberlândia;
- Unidade Regional de Ubá.
- Unidade Regional de Diamantina;
- Unidade Regional de Pirapora;
- Unidade Regional de Pouso Alegre;
- Unidade Regional de Teófilo Otoni;
- Unidade Regional de Ipatinga;
- Unidade Regional de Almenara.
Cada local de votação haverá uma urna e cabine, a votação se dará em cédula de papel (como era antigamente) nas quais terá o nome de guerra escolhido pelo candidato a presidente de cada chapa, o eleitor só poderá votar apenas em um candidato, caso contrario o voto será nulo.

Eu particularmente sou contra esse modelo de votação, pois as urnas e as cabines são de propriedade do CSCS e o voto por cédula foi abolido pelo TRE justamente para evitar fraudes eleitorais. Se a atual diretoriaa quisesse era só solicitar através de oficio, uma urna e cabine oficial, mas por motivos que desconheço isso não fora feito, o que poderá acontecer coisas desagradaveis e que colocará em duvida a seriedade da eleição, pois foi isso que aconteceu na última eleição, quando a adiministração da entidade sumiu com a urna de GV, justamente a urna que poderia dar vitoria a chapa liderada pelo então candidato a presidente Cabo Morais, o que gerou uma ação na justiça que caçou a posse do Cabo Coelho e sua diretoria.
Caso não seja eliminada pela Comissão Eleitoral (pois fatalmente isso ocorrerá) e eu vencer as eleições, a prioridade de minha gestão logo que tomar posse, será a rivisão total do Estatuto, voltando a incluir a frase "Cabos e Soldados" no nome da entidade, volta do artigo que obriga o presidente a prestar contas anualmente a uma Assembléia Geral formada pelos associados e não somente ao Conselho Fiscal que é escolhido pelo próprio presidente, incluir no artigo que reza sobre as publicações das Assembléias, que as mesmas seja obrigatoria no quadro da entidade, no quadro do restaurante e que seja emitido um aviso da AG para todos os batalhões PM e BM, isso dará maior lisura as publicações, atualmente as prestações de contas da diretoria, pela mudança do Estatuto passa apenas pelo crivo do Conselho Fiscal, Conselho este que é escolhido a dedo pelo candidato de cada chapa, outra mudança que pretendo fazer no Estatuto é retirar a idade mínima (de 35 anos) para o associado se candidatar a presidente, diminuir de 8 para 5 anos (como socio) para o associado poder se candidatar e banir do atual estatuto a palavra "initerrupto", fazendo isso contribuirei para que o soldado também possa se candidatar ao cargo máximo, pois pelo atual Estatuto modificado pela atual diretoria, o militar para se candidatar ao cargo máximo tem que ter no mínimo 35 anos de idade, no mínimo 10 anos de caserna e no mínimo 8 anos initerrupto de assossiado do CSCS, isso tira o soldado de ser candidato pois quando ele completar 10 anos de caserna, automaticamente estará sendo promovido a cabo, por isso pretendo abolir os 10 anos de caserna e diminuir de 8 para 5 o tempo de associado. Um artigo que pretendo incluir no estatuto é o envio de pelo menos 50% da arrecadação de cada regional do interior, isso traria mais socios para a regional e daria meios para a mesma sobreviver, os outros 50% ficaria na sede para reforço caso a regional precisasse de uma reforma ou algo parecido. Colocar um artigo no estatuto que caso qualquer elemento da diretoria sair candidato a qualquer cargo na entidade, ele se incompatibilize 03 (três) meses antes, pois atualmente não é assim, o atual presidente e praticamente toda a sua diretoria são candidatos a reeleição, estão usando a máquina com festa regado a chopp, churrasco, alugueis de carro para alguns maus associados fazerem campanha para a atual diretoria e ninguém pode fazer nada, já que na mudança do estatuto eles acrescentaram um artigo que os garante permanecer na admistração em detrimento dos demais candidatos, o único jeito de mudar toda essa situação será nas urnas na próxima eleição, ou seja, votando contra o continuisso. Infelizmente nessa eleição da entidade, há uma grande desigualdade entre os candidatos, pois além do candidato da chapa 1 (Coelho) gastar o que quiser do nosso dinheiro para fazer sua campanha, ele tem acesso a listagem de todos os asscoiados, enquanto nós não temos esse direito e para completar a nossa dificuldade, a Comissão Eleitoral escolhida escolhida pelo candidato a reeleição, ainda colocou no Regimento Interno três datas, 15/06, 22/06 e 29/06, datas estas em que o candidato a presidente é obrigado estar presente no CSCS, sendo a eleição no dia 07/07 os demais candidatos a Presidente terão pouco tempo para percorrer todos os locais de votação acima e no meu caso especifico, eu tenho apenas este blog, e os e-mails de alguns amigos para fazer minha campamha, isso torna a campanha completamente desigual.  

SINTO SAUDADES DO CAPITÃO NASCIMENTO, CAPITÃO PEDRO, MÃO BRANCA E OUTROS, SE ELES ESTIVESSEM VIVOS ESSES MATADORES DE POLICIAIS NÃO ESTARIAM MAIS NA FACE DA TERRA.



MAIS UM TRABALHO NOTA 10 DA PM DE RIO CASCA

PM de Rio Casca apreende drogas que seriam comercializadas por menores em baile

            Na noite de domingo (17Jun12) como parte das ações de combate ao tráfico de drogas que estão sendo realizadas na Cidade de Rio Casca pela Polícia Militar, a equipe composta pelo Sargento Batista, Cabo Ernane e Soldado Fábio, monitoram 03 (três) menores, sendo dois de 16 e outro de 17 anos de idade, os quais seriam suspeitos de estarem traficando drogas em um tradicional clube da cidade durante um baile realizado todos os domingos à noite.

            Os menores ao perceberem que seriam abordados pelos policiais militares, quando passavam pela Avenida Senador Cupertino no centro da cidade em um local pouco iluminado, tentaram dispensar invólucros de cocaína, jogando-os ao chão, entretanto, toda substância entorpecente dispensada, cerca de 23 invólucros foram recolhidos pelos militares e os menores apreendidos em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, considerando que assumiram a propriedade da droga e que realmente iriam comercializá-las durante o baile.

CONTINUA A VALORIZAÇÃO DOS POLICIAIS MILITARES EM ALGUNS ESTADOS BRASILEIRO E EM MINAS VAMOS TER QUE ESPERAE ATÉ 2015?

Mesmo com tantas informações favoráveis, muitos policiais só irão acreditar quando o dinheiro chegar no bolso 

Foto: cabo heronides

Na tarde desta sexta-feira (15), o comandante da Polícia Militar, Coronel Araújo, declarou a todos os representantes de associações que conforme prometido pela governadora Rosalba Ciarlini, após negociações no final do ano passado, a implantação do subsídio está mesmo garantida. A informação é do blog Cabo Heronides.
“Sem dúvida está garantido. Inclusive, na próxima segunda-feira (18) vamos enviar um ofício às Secretarias de Fianças e da Administração, para deixarmos tudo acertado com o Governo do Estado. Além disso, vamos disponibilizar policiais militares para auxiliarem nesse processo de implantação do subsídio”, afirmou o coronel Araújo.

Com a aplicação do subsídio, o Soldado terá remuneração inicial de R$ 2,2 mil, variando conforme o tempo de serviço, e o Coronel PM poderá chegar até R$ 14,3 mil.

Mesmo com tantas informações favoráveis a aplicação do subsídio, muitos policiais só irão acreditar quando o dinheiro chegar no bolso, por outro lado, a partir do dia 10 julho já saberemos se realmente o governo irá cumprir o prometido, pois é a partir desta data que a folha de pagamento do estado é emitida.

Veja a seguir as tabelas referente ao subsídio dos Policiais e Bombeiros Militares do Rio Grande do Norte:

CLICAR NAS IMAGENS PARA AUMENTA-LAS 

CONTINUA OS ATAQUEM A POLICIAIS MILITARES EM MINAS GERAIS, NA MADRUGADA DESTA SEGUNDA MAIS DOIS POLICIAIS FORAM ATACADOS SENDO UM MILITAR E OUTRO CIVIL

Policiais são baleados dentro de bar, em Contagem

Um dos atingidos foi encaminhado para o Hospital de Pronto Socorro João XXIII e está em estado grave



Um policial civil e dois militares foram baleados na madrugada desta segunda-feira (18) dentro de um bar da rua Monsenhor João Martins, bairro Milanez, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a motivação do crime pode ter sido uma vingança, já que o principal suspeito já havia ameaçado um dos miliatres há alguns meses, quando foi preso.

Eduardo Miranda da Silva, 42 anos, da Polícia Civil foi atingido por um disparo na perna. Cabo Anderson, da Cia de Missões Especiais levou um tiro no peito e está internado em estado grave no Hospital de Pronto Socorro João XXIII. Já o Sargento Matias, do 33º Batalhão recebeu o disparo no tórax.

O suspeito de ter disparado os tiros já foi identificado, mas ainda não foi preso. Segundo a PM, ele já teve passagem pela polícia por tráfico de drogas.

17 de jun de 2012

MAIS UM POLICIAL MILITAR MORRE EM UM ASSALTO NA CIDADE DE CONTAGEM

Segurança de supermercado é morto durante assalto na Grande BH

Vítima era cabo reformado da Polícia Militar.
Suspeitos levaram mais de R$ 4 mil.

Do G1 MG
Um segurança de um supermercado foi morto durante um assalto neste sábado (16) em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A vítima, de 70 anos, era cabo reformado da Polícia Militar (PM).
De acordo com a polícia, testemunhas disseram que quatro suspeitos invadiram o local e um deles anunciou o assalto. O PM estava em um dos corredores quando foi morto. A polícia não soube informar se ele reagiu ao assalto.
Os suspeitos levaram R$ 4,5 mil e fugiram em veículo Ford Ka cinza. Até o horário em que esta reportagem foi publicada, ninguém havia sido preso.

Editorial do Blog: Infelizmente isso vai continuar acontecendo, pois vários amigos nós quando vai para a reserva ou retorna para ganhar uns miseros 1/3 que o governo paga, ou procura um emprego na esfera civil para complementar esse salário de fome que nossas lideranças diz ser um dos melhores, mas continuamos estando acima do 15º salário no país, o que quer dizer que existe 14 estados melhores do que nós. Quantos colegas nossos ainda terão que morrer para que o governo enxergue que a segurança mineira é uma falácia? Que essas essas propagandas de investimento na segurança pública aparecem sempre em ano eleitoral para enganar a nossa população e o que é pior, com o apoio das cúpulas de nossas organizações militares, já que a mesma não tem coragem de desmentir o governo, pois eles sim são muito bem pagos para ficar de bico calado e verem nossos irmãos praças serem assassinados, pois nós estamos na linha de frente.

GOVERNO GASTA UM DINHEIRÃO COM PROPAGANDA DIZENDO QUE ESTA INVESTINDO EM SEGURANÇA PÚBLICA, MAS OS ROUBOS A CAIXA ELETRÔNICOS E AS EXPLOSÕES ESTÃO SE MULTIPLICANDO. SE ESTA AUMENTANDO ESTES TIPOS DE CRIMES É PORQUE FALTA SEGURANÇA NOS LOCAIS

Bandidos amadores multiplicam número de assaltos a caixas eletrônicos Cortina de fumaça confunde a polícia: com atuação de assaltantes inexperientes,"popularização" do crime dificulta investigação de grandes quadrilhas

 (MOISÉS SILVA/EM DA PRESS)
Em um estado por onde se espalham quase 700 mineradoras, pedreiras e outras empresas que armazenam explosivos, e no qual se estima haver mais de uma tonelada de dinamite nas mãos de criminosos, ataques a caixas eletrônicos transformaram-se em um negócio de varejo, o que dificulta a investigação das grandes quadrilhas. Aproveitando-se da cortina de fumaça erguida pelos pequenos ladrões, organizações criminosas continuam desafiando a polícia, que diz ter identificado 18 dos chamados “peixes grandes”, mas que conseguiu pôr apenas oito atrás das grades.

16 de jun de 2012

TABELA: SALÁRIO X CUSTO DE VIDA DAS POLÍCIAS MILITARES BRASILEIRAS - VEJAM A POSIÇÃO DE MINAS GERAIS E CONCLUAM SE FOMOS OU NÃO TRAÍDOS POR NOSSAS ASSOCIAÇÕES EM 08/06/2011 NO GINASIO DO COPM

De modo geral, no Brasil, a atenção salarial dada às polícias é inadequada, pela natureza do serviço e pelas necessidades sociais comuns a qualquer cidadão. Sempre se aponta a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) como a “prima rica” das polícias militares, já que por lá um soldado PM recebe quase R$5.000,00. Uma questão, porém, não é levada em consideração: qual o custo de vida que um soldado PM tem nos diversos estados do país? A partir desta comparação, entre custo de vida e salário, a PMDF continua sendo a melhor paga do país?

Para promover este debate, tivemos a curiosidade de pesquisar – em fontes informais – o salário atual das polícias militares (soldados 1ª Classe) e o custo de vida de cada capital do país. Neste exercício de curiosidade, descobrimos que, certamente, a Polícia Militar de Sergipe é a PM que possui o salário mais vantajoso do Brasil, enquanto a Polícia Militar do Rio de Janeiro possui o pior salário do país. A PMDF, conforme nossos critérios, tem o 13º salário:

Provavelmente, leitores encontrarão desacertos no valor dos salários e até discordarão dos índices de custo de vida, e até mesmo da metodologia – que não é científica nem definitiva. Outras pesquisas semelhantes podem ser feitas, qualificando os resultados. Por enquanto, nosso objetivo foi alcançado: mostrar que salário é uma medida relativa, não absoluta.

Autor: Danillo Ferreira - Tenente da Polícia Militar da Bahia, associado ao Fórum Brasileiro de Segurança Pública e graduando em Filosofia pela UEFS-BA. | Contato: abordagempolicial@gmail.com

FALTA POUCO PARA A INSTALAÇÃO DE UMA CPI EM JUÍZ DE FORA. DEPUTADO SGT RODRIGUES (PDT) E O DEPTADO PAULO LAMAC (PT) JÁ TEM PROVAS SUFICIENTES PARA COLOCAR MUITA GENTE BOA NA CADEIA.

Deputados dizem ter provas para abrir CPI

Testemunha prestou depoimento na PF em Juiz de Fora; parlamentares dizem faltar apenas uma assinatura para instaurar processo

Por Renato Salles / Origem: Claudio Correa Neto
Sargento Rodrigues (PDT) e Paulo Lamac (PT) vieram a JF
A Comissão de Direitos Humanos (CDH) da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) acredita ter conseguido reunir as provas que faltavam para a instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as denúncias de que policiais civis e militares estariam envolvidos no crime organizado no município. Na tarde dessa sexta-feira (15), os deputados estaduais Sargento Rodrigues (PDT) e Paulo Lamac (PT) estiveram em Juiz de Fora e ouviram o depoimento de uma pessoa ligada à organização que explora as atividades de caça-níquel e jogo do bicho na cidade. O nome da testemunha foi mantido em sigilo pelos parlamentares. O encontro aconteceu na Delegacia de Polícia Federal e contou com a participação de representantes do Ministério Público do Estado de Minas Gerais, da Polícia Federal e das corregedorias das polícias Civil e Militar.
"Tivemos um depoimento muito longo de um dos envolvidos com o esquema de contravenção que atua na cidade. Essa pessoa explanou com riquezas de detalhes sobre a forma de atuação dos contraventores, o envolvimento de policiais civis e militares e até mesmo como funcionava a propina, com a confirmação de que um delegado chegou a receber pagamentos entre R$ 10 e R$ 16 mil, alguns até mesmo dentro da delegacia", afirma Rodrigues.
Para conseguir instaurar a CPI, os deputados precisam recolher mais uma assinatura. "São informações bombásticas. Esperamos conseguir isso. Já temos 25 assinaturas e precisamos chegar a 26. A instauração da CPI permitirá uma investigação mais aprofundada. Teremos poder de convocação e de utilizar medidas jurídicas como quebra de sigilos bancário e telefônico, explica o pedetista. A atual configuração da ALMG conta com 77 parlamentares e, para instaurar a comissão, é necessária a adesão de um terço dos deputados.
Segundo Lamac, não há dúvida de que existem ligações entre o esquema de Juiz de Fora e o empresário e contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, principal alvo de uma CPI Mista do Congresso, que investiga suas relações com agentes públicos e privados. "Este depoimento mostra que ,em pelo menos 22 pontos há claros vínculos estabelecidos entre as partes, como a utilização de máquinas procedentes de Goiás, reduto de Cachoeira. Vamos utilizar isso como ferramenta de convencimento para a instauração da CPI."
De acordo com as investigações da CDH, os números da contravenção em Juiz de Fora impressionam. Atualmente, existiriam entre 700 e mil máquinas de caça-níqueis operando no município, que renderiam até R$ 500 mil por dia. Assim, o faturamento mensal dos criminosos poderia chegar a R$ 15 milhões. "Tivemos a confirmação de que no auge de suas atuações dois contraventores investigados chegaram a ter 500 caça-níqueis cada, o que justificaria o grande patrimônio acumulado por um deles nos últimos 15 anos."

ELEIÇÃO NO CSCS/PM/BM/MG - O QUE VENCE UMA ELEIÇÃO NÃO É TER DINHEIRO OU USAR A MÁQUINA, MAS SIM PASSAR PARA OS SEUS ELEITORES UM PASSADO DE LUTAS E SEM MEDO EM PROL DA CLASSE, ISSO POUCOS TEM CORAGEM DE FAZER

Prezados amigos militares associados do CSCS/PM/BM/MG, um determinado cidadão de um determinado blog que prefiro não dizer o nome pois o blog não tem nada a ver com a questão, por razões que desconheço simplesmente faz questão de quando posta uma ou outra matéria, principalmente as que se refere aos amigos injustiçados e reformados por incapacidade física, denegrir minha imagem perante aos usuários de seu blog e consequentemente aos associados do CSCS. Esse cidadão é apoiador ferrenho do vereador militar e do atual presidente do CSCS, até ai tudo bem, pois cada um apoia aquele que bem entender, pois estamos em um país onde a democracia é plena, pelo menos deveria ser, agora não sei se esse seu sargasmo contra a minha pessoa se da apenas por eu seu um pretenso candidato a presidencia da entidade ou por eu receber o apoio incondicional de um Sgt de sua cidade, o qual demonstrou ser um grande amigo e defensor de minha causa e sem pedir nada em troca. Acho que os cabos eleitorais de cada candidato deve defender sua bandeira sim, mas devem deixar a briga para os candidatos e cada um deles se defende com as provas que tem, pois apesar do candidato a reeleição ter tudo para ganhar essa eleição, ja que tem os talões de cheques, as canetas e a máquina administrativa nas mãos e esta fazendo uso deles, isso não quer dizer que a eleição esta ganha para ele. Nós temos um determinado político que em sua primeira eleição teve mais de 216 mil votos para deputado federal, fez besteira, se candidatou a prefeito e tornou a fazer besteira, se candidatou a deputado federal de novo e não conseguiu se reeleger, desceu 100 degraus e por pouco não se elege vereador, será que irá se reeleger este ano? Por isso eu digo que muitas águas podem rolar e o fato do atual presidente estar usando a máquina que esta em seu poder não quer dizer que será o vencedor. Para dirimir qualquer dúvida a meu respeito, já que estão espalhando rumores até que eu fui expulso do CSCS, quero dizer que minha única expulsão foi da PMMG no final de 1998, juntamente com mais 186 militares por havermos participado do movimento reivindicatório de 1997, movimento em que eu dei a seguinte declaração a imprensa: "EU VI O CABO ....... CAINDO E O CORONEL .........TROCANDO A ARMA COM UM CADETE", foi essa declaração que me custou a permanência na gloriosa, mas como vingança antes de me expulsarem, expulsaram primeiro o meu filho que não participou do movimento.

Perfil de um candidado:
- Praça 10/10/1981 RPMont (com apenas a 4ª primária);
- Em 1983 passei nas provas do CFS, mas um oficial me deu bomba em exame de direção (caminhão caixa seca);
- Em 1985 passei nas provas do CFC, sendo classificado no 18º BPM;
- Em 1986 fui preso por participar de reuniões na tentativa de conseguirmos o tão sonhado "CLUBE DOS CABOS E SOLDADOS", prisão que valeu a pena pois no mesmo ano o então Cmt Geral instituiu CCS (Clube dos Cabos e Soldados) e nomeou o primeiro presidente "Cabo José Pinto";
- Em 1987 participei da eleição da primeira diretoria eleita do CCS, sendo o primeiro diretor social e tendo como presidente o Cabo José Tarcínio (véio zuza);
- No mesmo ano fui indiciado por haver se manifestado a imprensa paulista contra a prisão de quatro sargentos da PMMG de um batalhão do interior, que a época se rebelaram pelo nosso baixo salário;
- Em 1990 concorri a presidencia do então CSCS juntamente com mais dois candidatos, Cabo cabral e Cabo Dimas, ficando em segundo lugar com pouca diferença de votos do Cabral que tinha o apoio do então presidente;
- A partir dai trabalhei na DPS (Diretoria de Promoção Social), dois anos após retornei ao 18º BPM, trabalhando na 25ª, 26ª e 38ª Cia onde fiquei até minha expulsão;
- Em 1997 participação no "MOVIMENTO REIVINDICATÓRIO";
- Em 1998 Expulsão;
- Junho de 1999 anistiado e reincluido no CBMMG, estagiando no 1º, 3º e sendo classificado no 2º BBM;
- 2000 Punido por haver feito uma representação de um Capitão da PMMG que estava usando a máquina em proveito próprio para sua candidatura a vereador em Contagem;
- 2003 Punido por haver dado declaração ao jornal Hoje em Dia, contra a lei de promoção do Cabos e Soldados;
- 2004 Convocado para o CEFS, tirado do curso por não conseguir passar em natação;
- 2005 Pedido de contagem de tempo, pois não poderia continuar num lugar onde não poderia ser promovido e vendo outros militares da própria corporação com a mesma deficiencia minha sendo promovido, o que deixava claro perseguição a minha pessoa.

Cursos:
Entrei para a PMMG com a 4ª série primaria, conclui o supletivo de 1º e 2º grau, fiz quatro períodos de magistério na UNIPAC e cinco período de Direito na faculdade Metropolitana em BH (matricula trancada). 

Abaixo, segue a ata da primeira diretoria eleita do então Clube dos Cabos e Soldados, hoje apenas Centro Social, tendo eu como o primeiro diretor social eleito.